Seguidores da Religião Umbanda

Translate

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

sábado, 8 de janeiro de 2011

A Poesia de Vinícius de Moraes para a Mulher de cada Signo




Fazendo uma pesquisa aqui no Blog, constatei a presença de mais de 75% de acessos sendo de Irmãs Umbandistas e resolvi fazer essa homenagem a todas as Mulheres do Mundo (Terreno ou Astral). Flores na Coroa de todas as Médiuns de Umbanda!










Vinícius de Moraes, um dos maiores Poetas que o Brasil já teve e, que entendia bastante de Mulher, basta ver que foi 9 vezes casado, distila toda a sua Poesia e Verve; ao descrever as Mulheres de cada Signo. 





A Mulher de Áries
Branca, preta ou amarela
         A ariana zela.
         Tem caráter dominador
         Mas pode ser convencida
         E aí, então, FICA uma flor:
         Cordata… E nada convencida.
         Porque o seu denominador
         É o amor. O que é que brilha sem
         Ser ouro?

         A Mulher de Touro!

         É a companheira perfeita
         Quando levanta ou quando deita.
         Mas é Mulher exclusivista
         Se não tem tudo faz a pista.
         Depois que dona de Casa…
         E a noite ainda manda brasa.
         Sua virtude: a paciência
         Seu dia bom: a sexta-feira
         Sua cor propícia: o Verde
         As flores do seus pendores:
         Rosa, flor de macieira. 

         A Mulher de Gêmeos

         Não sabe o que quer
         Mas tirante isso
         É uma boa Mulher.
         A Mulher de gêmeos
         Não sabe o que diz
         Mas tirante isso
         Faz o homem feliz.
         A Mulher de gêmeos
         Não sabe o que faz
         Mas por isso mesmo
         É boa demais… Você nunca avance.
          
Em uma Mulher de Câncer.

          Seu planeta é a lua
          E a lua, é sabido
          Só vive na sua.
          É muito apegada
          E quando pegada
          Pega DA pesada.
          É a Mulher que AMA
          Com muito saber
          No tocante à cama
          Não sei lhe dizer… 

A Mulher de Leão

          Brilha na escuridão.
          A Mulher de leão, mesmo sem fome
          Pega, Mata e come.
          A Mulher de leão não tem perdão.
          As Mulheres de leão
          Leoas são.
          Poeta, operário, capitão
          Cuidado com a Mulher de leão!
          São ciumentas e antagônicas
          Solares e dominicais
          Ígneas, áureas e sardônicas
          E muito, muito liberais 

Se Florence Nightingale era Virgem

          Não sei… Mas o mal é de origem.
          A Mulher de Virgem aceita a amante
          Isto é: desde que não a suplante.
          Sexo de consumo, pães-de-minuto
          Nada disso lhe há de faltar
          O condomínio é absoluto
          A virgem é Mulher do lar.
          Opala, safira, turquesa
          São suas pedras astrais
          Na cuca muita esperteza
          Na existência muita Paz. 

 A Mulher de Libra

          Não tem muita fibra
          Mas vibra.
          Quer ver uma libriana contente?
          Dê-lhe um presente.
          Quando o marido a trai
          A Mulher de libra
          balanças mas não cai.
          Se você a paparica
          Ela FICA.
          Com librium ou sem librium
          Salve, venusina
          Que guarda o equilíbrio
          Na corda mais fina.

         Mulher de Escorpião

          Comigo não!
          É Abelha Mestra
          É a Viúva Negra
          Só vai de vedete
          Nunca de extra.
          Cria o chamado conflito
          De personalidades.
          É mãe Tirana
          Mulher Tirana
          Irmã Tirana
          Filha Tirana
          Neta Tirana
          Tirana Tirana.
          Agora, de cama diz
          Que é boa paca.
         
        As Mulheres Sagitarianas

          São abnegadas e bacanas
          Mas não lhe venham com grossuras
          Nem injustiças ou censuras
          Porque ela custa mas se esquenta
          E pode ser muito violenta.
          Aí, o homem que se cuide…
          – Também, quem gosta de censura! 


A Capricorniana é capricornial 

Como a cabra de João Cabral.
          Eu amo a Mulher de capricórnio
          Por que ela nunca lhe põe OS próprios.
          A caprina é tão ciumenta
          Que até o ciúmes ela inventa.
          Mulher file está aí: é cabra
          Só que com muito abracadabra.
          Suas flores: a papoula e o cânhamo
          De onde vem o ópio e a maconha
          Ela é uma curtição medonha
          Por isso nos capricorniamos.  

Se o que se quer é a boa esposa

          A Aquariana pousa.
          Se o que se quer é uma outra coisa
          A aquariana ousa.
          Se o que se quer é muito amor
          A aquariana
          É a Mulher macho sim senhor.
          Porém não são possessivas
          Nem procuram dominar
          Ou são meigas e passivas
          Ou botam para quebrar.  

Mulher de Peixe.
  
Peixe é
          Em águas paradas não dá pé
          Porque desliza como a enguia
          Sempre que entra numa fria.
          Na superfície é sinhazinha
          E festiva como a sardinha
          Mas quando fisga um namorado
          Ele está frito, escabechado.
          É uma Mulher tão envolvente
          Que na questão do Paraíso
          Há quem suspeite seriamente
          Que ela era a Mulher e a serpente.
          Seu Id: aparentar juízo
          Seu Ego: a omissão, o orgulho
          Sua pedra astral: a ametista
          Seu bem: nunca ser bagulho
          Sua cor: o amarelo brilhante
          Seu fim: dar sempre na vista.


Salve as Mulheres Umbandista de todo o Mundo. Salve a Leveza, Beleza e Certeza das Mulheres.... Flores de Um Jardim chamado Viver!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ouça os Pontos da Linha de Esquerda da Umbanda

Luz Crística

"Estudo, requer meditação. A meditação leva a conclusões. E as conclusões fazem com que as pessoas modifiquem os seus hábitos e suas atitudes" – Dr. Hermann (Espírito) por Altivo Pamphiro (Médium)

Positivismo

Tal como são nossos pensamentos é nossa consciência: e tal como é nossa consciência, é nossa vida.

Se plantarmos uma semente de pensamento limpo e positivo e nos concentrarmos nele, damos a ele energia, tal como o sol dá energia para uma semente na terra. E tal como a semente na terra acorda, move-se e começa a crescer, os pensamentos nos quais nos concentramos acordam, movem-se e começam a crescer.

Então, vamos semear pensamentos positivos.

A cada manhã, antes de começarmos a jornada de nosso dia, sentemo-nos em silêncio e semeemos a semente da paz.

Paz é harmonia e equilíbrio. Paz é liberdade - liberdade do peso da negatividade e do desperdício. Deixemos que a paz encontre sua morada dentro de nós. A paz é a nossa força original, nossa eterna tranquilidade de ser.]

Permita que seu primeiro pensamento do dia seja de paz. Plante essa semente.

Regue-a com atenção e você atingirá a calma.

Por Antony Strano

Obras Básicas da Doutrina Espírita - Pentateuco Espírita

O Livro dos Espíritos - Contendo os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da humanidade – segundo o ensinamento dos Espíritos superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec. O Livro dos Médiuns - Contendo os ensinamentos dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os meios de comunicação com o Mundo Invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as dificuldades e os escolhos que se podem encontrar na prática do Espiritismo. Em continuação de "O Livro dos Espíritos" por Allan Kardec. O Evangelho segundo o Espiritismo - Com a explicação das máximas morais do Cristo em concordância com o Espiritismo e suas aplicações às diversas circunstâncias da vida por Allan Kardec. Fé inabalável só é a que pode encarar a razão, em todas as épocas da Humanidade. Fé raciocinada é o caminho para se entender e vivenciar o Cristo. O Céu e o Inferno - Exame comparado das doutrinas sobre a passagem da vida corporal à vida espiritual, sobre as penalidades e recompensas futuras, sobre os anjos e demônios, sobre as penas, etc., seguido de numerosos exemplos acerca da situação real da alma durante e depois da morte por Allan Kardec. "Por mim mesmo juro - disse o Senhor Deus - que não quero a morte do ímpio, senão que ele se converta, que deixe o mau caminho e que viva". (EZEQUIEL, 33:11). A Gênese - Os milagres e a predições segundo o Espiritismo por Allan Kardec. Na Doutrina Espírita há resultado do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência é chamada a constituir a Gênese de acordo com as leis da Natureza. Deus prova a sua grandeza e seu poder pela imutabilidade das suas leis e não pela ab-rogação delas. Para Deus, o passado e o futuro são o presente.
Clique na Imagem e Leia o Livro.